Campanha do Ceará é destaque entre clubes das séries A e B

Foto: Divulgação / Ceará SC

A campanha do Ceará em 2023 vem sendo destaque em todo o Brasil. Dos 40 clubes que disputarão as séries A e B do Campeonato Brasileiro nesta temporada, o Alvinegro está entre os clubes com uma das maiores sequências de invencibilidade. Ao todo, o Alvinegro está há 10 jogos sem sofrer revés.

Sem perder desde a 1ª rodada da Copa do Nordeste, quando sofreu 3 a 0 para o Ferrivário, no estádio Presidente Vargas, a equipe de Porangabuçu vem tendo um bom retrospecto na temporada. Em 12 jogos disputados até aqui, o Vozão empatou dois, perdeu um e venceu nove.

Há 10 jogos sem perder, o time comandado por Gustavo Morinigo tem a oitava maior sequência de invecibilidade da temporada entre os clubes que disputam neste ano a Série A do Brasileirão ou Série B do Campeonato Brasileiro. À frente do Vovô estão apenas Grêmio (12 jogos de invencibilidade), Athletico-PR (10 jogos de invencibilidade), CRB/AL (14 jogos de invencibilidade), Palmeiras-SP (13 jogos de invencibilidade), América/MG (nove jogos de invencibilidade), Ponte Preta/SP (nove jogos de invencibilidade) e Atlético/GO e Criciúma/SC (seis jogos de invencibilidade). O Vozão está empatado com o Atlético/MG com 10 jogos seguidos sem perder.

Dessas equipes citadas acima, CRB-AL, Ponte Preta/SP, Atlético/GO e Criciúma/SC serão adversários dos alvinegros na Série B.

Vale ainda ressaltar que a única derrota sofrida pelo Alvinegro aconteceu em 22 de janeiro, há mais de um mês. Na época, Gustavo Morinigo ainda não tinha feito sua estreia à beira do campo por questões burocráticas para regularização de seus documentos, já que ele é estrangeiro. Diosnel Burgos, auxiliar técnico, foi quem comandou a equipe no duelo.

Veja abaixo os 10 maiores retrospectos invictos de clubes das séries A e B do Brasileirão em 2023:

1º Grêmio/RS – 12 jogos
2º Athletico-PR – 12 jogos
3º CRB/AL – 14 jogos
4º Palmeiras/SP – 13 jogos
Goiás/GO – 13 jogos
Ceará e Atlético/MG – 10 jogos
7º América/MG – 9 Jogos
8 º Ponte Preta – 9 jogos
9º Atlético/GO e Criciúma/SC – 6 jogos