Ex-jogador do Ceará revela bastidor com antigo técnico: “falta de respeito”

Foto: Ceará/Divulgação

Em uma revelação surpreendente e bastante polêmica, o ex-jogador do Ceará, Pio, abriu o jogo sobre os bastidores de sua saída do clube. Em 2018, ele perdeu espaço na equipe principal e revelou que o então técnico, Lisca, sugeriu que ele e outros jogadores do profissional disputassem a Taça Fares Lopes com o sub-20.

Pio descreveu o momento em que recebeu a notícia de Lisca: “Eu cheguei para treinar no dia e o treinador, que na época era o Lisca, disse… ‘Você desce lá para a base para jogar a Fares Lopes.'” A proposta não foi bem recebido pelo volante, que imediatamente ligou para o seu empresário para discutir a situação.

Para Pio, a mensagem transmitida pelo técnico foi clara: o técnico não queria mais contar com ele e mais alguns companheiros no grupo principal daquele ano. O jogador sentiu que isso foi uma falta de respeito muito grande com parte do grupo.

Lisca, ex-treinador do Ceará.
Foto: Divulgação / Ceará SC

Além disso, Pio expressou sua decepção com a forma como Lisca tratou os jogadores: “Ele não respeitou a nossa história.” As declarações de Pio foram feitas durante sua participação no programa “Papo com Futebolês”, que vai ao ar todos os sábados, às 13h, na TV Jangadeiro e no canal do Futebolês no YouTube.

PASSAGEM NO CEARÁ

(Foto: Lucas Moraes/CearaSC.com

Durante sua passagem pelo Ceará, Pio disputou 53 partidas e marcou sete gols, conquistando o reconhecimento por seu chute potente. No entanto, nos últimos jogos, a ex-camisa 30 foi relegada ao banco de reservas, evidenciando sua perda de espaço na equipe.

Francisco Hércules de Araújo, conhecido como Pio, é natural de Fortaleza e iniciou sua carreira no Icasa, em 2007. Ao longo de sua trajetória, ele defendeu diversos clubes, como Fortaleza, ABC, Treze, RB Bragantino e CSA.