Ceará defende invencibilidade contra o Fortaleza no Nordestão

O Ceará defende uma importante marca neste final de semana contra o maior rival. O time alvinegro nunca foi derrotado pelo Fortaleza em duelos válidos pelo certame regional desde o retorno da competição em 2013. Neste período, em seis Clássicos-Reis disputados, foram duas vitórias do alvinegro e quatro empates.

Neste sábado, 5, Alvinegro e Tricolor voltam a se encontrar pelo Nordestão, às 17h45min, na Arena Castelão, no primeiro Clássico-Rei da temporada 2022.

Ceará defende invencibilidade contra o Fortaleza no Nordestão
O time alvinegro nunca foi derrotado pelo Fortaleza em duelos válidos pelo certame regional

CLÁSSICO NO BRASILEIRÃO

A tabela básica da Série A foi divulgada pela CBF nesta quarta-feira (2). Assim, o primeiro Clássico-Rei do Brasileirão 2022 acontecerá na 3ª rodada do campeonato, previsto para 23 ou 24 de abril, com mando do time tricolor.

Já o confronto entre as do returno está previsto para a 22ª rodada, entre os dias 13 a 15 de agosto. Dessa vez, o mando será do alvinegro.

INVICTO NO NORDESTÃO

Com a vitória contra o Sergipe, por 1 a 0, o Ceará chegou a 20 partidas de invencibilidade como visitante na Copa do Nordeste. A última derrota do Vovô fora de seus domínios na competição regional foi em 2018, por 1 a 0, contra a equipe do Sampaio Corrêa.

O mais curioso é que o gol da Bolívia Querida foi marcado por Fernando Sobral com assistência de Marlon. Hoje, ambos vestem a camisa alvinegra.

REFORÇOS

O elenco do Ceará se reapresentou ontem no CT do Porangabuçu após a vitória sobre Sergipe, em Aracaju, na estreia na Copa do Nordeste. O foco do Alvinegro agora é o Clássico-Rei, o primeiro de 2022, que será disputado no próximo sábado, 5, no Castelão, em duelo válido pela Lampions.

A boa notícia para a equipe é o retorno de peças importantes, que foram desfalques contra os sergipanos por conta de Covid-19 e lesão.

O principal nome que volta a ficar disponível é Vina. O meia perdeu a estreia do Ceará depois de testar positivo para o novo coronavírus. O atleta deixou o isolamento no último fim de semana e, desde então, tem realizado treinamentos para estar pronto para o embate contra o Fortaleza.

DESFALQUES

Para o clássico deste final de semana, o técnico Tiago Nunes ainda tem algumas duvidas com os atletas machucados. O comandante não vai poder contar com pelo menos dois ou três titulares da temporada passada.

Embora tenha voltado aos treinos já no último fim de semana, o zagueiro Messias é uma das incógnitas para o jogo por estar em transição, bem como Fernando Sobral, que ainda se recupera de tendinite no pé esquerdo.

No sentido de desfalques, o lateral-esquerdo Bruno Pacheco e o centroavante Jael serão baixas. O primeiro segue tratando de lesão no adutor esquerdo e o segundo realiza tratamento pós-cirúrgico de contusão no tendão de Aquiles.