Por infração na Série A, Guto pode ser punido e não comandar o Ceará por até seis jogos

(Foto: Kely Pereira/AGIF)

O Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) vai julgar nesta quinta-feira, 29, o técnico do Ceará, Guto Ferreira, em sessão online que está marcada para às 10h.

Guto será julgado novamente porque a Procuradoria do órgão recorreu da absolvição dada ao treinador pelos auditores da 1ª comissão disciplinar no dia 15 de março. O técnico já tinha passado pela sessão anteriormente após a expulsão na partida entre Ceará e Flamengo, pela 29ª rodada da Série A do Brasileiro de 2020.

O árbitro do jogo justificou a aplicação do cartão vermelho, em súmula, informando que o comandante alvinegro se dirigiu ao quarto árbitro “proferindo, aos gritos, as seguintes palavras em direção ao mesmo: ‘calma é o c!’”.

Ao recorrer, a Procuradoria pede que Guto Ferreira seja julgado novamente no artigo 258, parágrafo segundo, inciso II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que significa desrespeitar membros da equipe de arbitragem ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões. A pena varia de uma a seis partidas de suspensão.