Rebaixamento do Ceará pode afetar Meninas do Vozão em 2023; entenda

Campeão da Série A2 do Brasileirão em 2022, as Meninas do Vozão tem futuro incerto para 2023. A queda do time masculino do Vovô para a Série B do Campeonato Brasileiro vai gerar uma grande diferença financeira no orçamento do Ceará para a próxima temporada, de modo que o clube estuda como viabilizar outras modalidades que mantém.

LEIA MAIS:

DE SAÍDA? Lateral do Ceará não deve ficar para temporada 2023

Novo diretor de futebol do Ceará revela motivo que o fez aceitar convite: ‘Não era cortina de fumaça’; Confira

Em matéria publicada pela réporter Iara Costa, do jornal O Povo, uma reunião de diretoria, na manhã deste sábado (19), vai definir o que deve ocorrer com a equipe feminina, time de futsal, bases e escolinhas e as perspectivas não são boas. O Vovô tem estudado maneiras de viabilizar a continuação do time feminino, mas a realidade é que dificilmente será possível manter um elenco para disputar a primeira divisão da categoria.

Há uma preocupação interna de se montar uma equipe com menos recursos e não ser minimamente competitivo no Brasileiro A1. Para concorrer na elite da categoria, o Ceará teria que manter, no mínimo, uma folha de R$ 100 mil mensais. Outros clubes da primeira divisão do feminino aconselharam o time a isso, mas o clube não sabe se terá como bancar esse valor. Vale ressaltar que, além da folha, o Vovô também possui outros gastos com a modalidade. 

Readequação financeira

Após cinco anos na elite nacional, o time masculino do Ceará retornou à Série B do Campeonato Brasileiro em 2023. Dessa forma, por ser a categoria que mais gera lucro para o clube, padrões salariais deverão ser mudados e uma readequação financeira deve acontecer. Jogadores com contratos remanescentes também deverão ter vencimentos ajustados ou serem vendidos, além como também há possibilidade de rescisão. Além disso, a queda também impacta entre os funcionários que fazem o dia a dia do clube. A “limpa” já começou antes do rebaixamento. Muitos já se despediram nas redes sociais em diversas funções desde os seguranças ao setor de análise de desempenho, marketing e categorias de base.